Rui Lima | Gestor

Acordei fora da cidade. É um momento de total libertação, saír do ambiente que se vive nos meios urbanos. Passear nas aldeias sem ter de andar com um trapo na cara e sem pessoas a olhar de lado acreditando que é obrigatório usar na rua seja qual for a situação. Temporariamente sinto que o histerismo passou.

Hoje temos festa no Porto, está tudo escandalizado com pessoas que simplesmente estão a viver nos últimos dias, a personagem mais virtuosa é a mais fanática. Vamos ter os nossos influencers sanitários nos próximos dias a decretar exponenciais para daqui a 15 dias… já é habitual.

Vou aproveitar o meu “castigo” de dizer o que penso, para aproveitar mais tempo com a família. Há que aproveitar as oportunidades que surgem, mesmo em tempos difíceis.

Apoie o Farol XXI