Pedro Almeida Vieira | Cidadão 

Pedro Almeida Vieira

Nos Cuidados Intensivos, por definição e por necessidade, existe um acompanhamento médico especializado 24 horas por dia. No entanto, no Hospital Pedro Hispano, em Matosinhos, parece que não é preciso: o Doutor Full HD, o nosso querido Gustavo Carona – Humanitarian Doctor, pode ser sempre chamado a qualquer hora e dia para entubar um doente e salvar vida, enquanto de permeio salva o Mundo.

O nosso herói até pode ser acordado às 4 da madrugada da cama do seu quarto da sua casa durante a sua vaga. Ele tem sono leve, como vigilante canino aprontado sempre para salvar desgraçados, que se perderiam sem a graça dele.

A passagem por si revelada a partir da página 212 da sua obra de ficção travestida de realidade parece-me surreal e seria extremamente grave num hospital se fosse verdadeira. Terá havido alguma vez no Hospital Pedro Hispano (ou em outro qualquer com UCI) períodos sem um intensivista ou um anestesiologista para uma intervenção “banal” nesse ambiente como seja a intubação de um doente?

Questão a ser colocada, neste caso concreto, à Administração do Hospital Pedro Hispano… Farei essa questão em breve. Tal como outras.

Mas, entretanto, eis passagem do “acordar” do nosso herói para a “entrega” de um doente. o qual apenas podia ser salvo por ele:

“Numa noite, às quatro da manhã, recebo um telefonema de uma colega dos Cuidados Intermédios.

– Gustavo, tenho aqui um doente que está a agravar, acho que tem de ir para ti.- O que se passa?- O senhor P., lembras-te? Está a piorar.

O senhor P. estivera connosco na UCI com covid muito grave durante duas ou três semanas e tinha tido alta para os Cuidados Intermédios dias antes porque estava muito melhor.

– Mas a piorar porquê? Em que sentido?

– Não sei bem, mas está muito pior da insuficiência respiratória.

Às quatro da manhã, exausto e com o corpo dorido, cheio de sono, o cérebro demora um bocado a processar a informação.

– Mas achas que tem de vir agora para mim, ou pode esperar para amanhã?

– Tem de ir agora.”

E assim foi. E o nosso herói lá se levantou exausto e lá foi entubar o senhor P., sendo conveniente saber-se que os turnos dos médicos em UCI são de 24 horas e que, por princípio, estes têm capacidade para entubar. Excepto se a UCI do Hospital Pedro Hispano for uma bandalheira que só não soçobrou porque o nosso Doutor Full HD tem sono leve. E vai a todas.

Nota – Algumas pessoas têm questionado se o nosso herói estaria a descansar no hospital. Não estava. No parágrafo seguinte faz ele referência de estar na sua última vaga – ou seja, não estava de turno.

Apoie o Farol XXI